01 de Abril de 2022

Para manter o corpo funcionando adequadamente é preciso uma quantidade diária significativa de proteína, e em algumas dietas de atletas essa quantidade aumenta.

Existe uma compreensão errada de que a proteína deve ser ingerida de uma fonte única (normalmente a carne), existem diversos alimentos ricos em proteínas que podem ser introduzidos em uma dieta variada.

Um dos melhores momentos para a ingestão da proteína é após um treino mais intenso, pois ela ajuda na recuperação dos tecidos, evitando lesões. Alimentos de origem animal são reconhecidamente fontes de proteína: ovos, peito de frango, carnes vermelhas e peixes fazem parte da dieta de muitos brasileiros.

Porém, existem diversos alimentos de origem vegetal que também são ricos em proteína. O tradicional prato de arroz com feijão é um exemplo claro de uma boa combinação de proteínas. No caso dos vegetais, as leguminosas são fontes de proteína, além de possuírem fibras, vitaminas e minerais importantes para o funcionamento do organismo. Grãos e sementes também podem ser introduzidos nas diversas refeições do dia de formas diferentes.

É importante informar também que alimentos não devem ser vistos apenas por um macronutriente. As carnes, por exemplo, além de proteína, possuem gordura, água, minerais como o ferro, zinco e vitamina B12 em sua composição. Ser fonte de proteína não significa que o peso total do alimento seja equivalente à quantidade de proteína. Na verdade, grande parte do peso dos alimentos é composto por água, fibras, e também por outros macronutrientes (como gordura e carboidrato).

É muito importante, na hora de pensar uma dieta para manter uma vida mais saudável, procurar a ajuda de um profissional nutricionista. Aqui na Vitalizze você tem acompanhamento e cuidado completo com uma equipe multidisciplinar de profissionais que sabem como cuidar bem de você, vem conversar com a gente, estamos te aguardando!