02 de Julho de 2021

Com o passar dos anos, vem crescendo o número de idosos que tem buscado o treinamento de força para melhorar seu condicionamento físico e promover uma melhor qualidade de vida. Em inúmeros países vemos uma pirâmide etária mudando o perfil e cada vez mais a expectativa de vida aumentando, e isso também tem acontecido no Brasil, por isso é fundamental pensar já na saúde dos idosos, para garantir uma melhor qualidade de vida para eles nos próximos anos.

Dentro de 10 anos, estima-se que a população de idosos terá aumentado progressivamente, o que causará a inversão da pirâmide etária no país, sabendo isso, o benefício do treino de força tem como principais metas e objetivos:

- Incrementar a atividade física

- Melhorar a autoestima

– Promover independência.

Segundo o IBGE, em dados de 2018, apenas 63,8 anos são vividos com boa saúde, tendo em vista que a expectativa de vida está em torno de 78 anos para os brasileiros. Essa informação nos dá a seguinte questão: existe cerca de 10 anos que poderíamos promover uma maior qualidade de vida para esses idosos, ampliando a prática esportiva, dentro das limitações e condições desse grupo. Como afirma Freitas e Py, 2013 “Envelhecimento não é influenciado apenas pela idade, mas, em grande medida, pelo modo como o indivíduo vive”.

Então por que do treinamento de força para idosos?

Com base em dados do The American College of Sports Medicine (ACSM, 2019) em um momento da vida que existem muitas baixas e perdas em todos os padrões do corpo, podemos melhorar inúmeras variáveis na vida das pessoas, sendo elas: o aumento da força muscular, o aumento da potência muscular, o aumento do tamanho da fibra muscular, o aumento da resistência muscular localizada, o aumento da densidade mineral óssea, o aumento da taxa metabólica de repouso, a diminuição do percentual de gordura, o aumento da flexibilidade, o aumento do equilíbrio, a diminuição de fatores de quedas e a diminuição do risco cardiovascular.

São muitos os benefícios de treinamento de força para idosos, e ele pode ser feito dentro de diversas modalidades, se adequando ao que a pessoa pode e precisa naquele estágio da vida.