05 de Maio de 2020

Desde o início da Pandemia uma das preocupações dos Profissionais da Vitalizze foi com a continuidade dos exercícios por parte de seus alunos das mais variadas modalidades. Mesmo antes do Decreto que impediu a abertura das academias, os profissionais de Educação Física já estavam preparando um ciclo de atividades que pudessem ser realizadas em casa, com a utilização de objetos caseiros e que fossem de simples execução. Ao total já foram 45 sessões de treinos, das quais 40 inéditas. 

Segundo Letícia Matté, Fisioterapeuta proprietária da Vitalizze 

“Antes do Decreto nossa preocupação era com aquelas pessoas que já estavam evitando o contato social. São justamente essas pessoas que realizam seus treinos por algum tipo de recomendação médica. Temos um grupo de professores muito comprometidos com o desempenho desses alunos e as aulas começaram a ser gravadas. Logo na sequencia um Decreto foi publicado impedindo a abertura do nosso estabelecimento e a necessidade se voltou, também, para os alunos que não eram do grupo de risco. ” 

Até o momento já são 45 dias de atividades aplicadas ininterruptamente, que continuam a atender vários perfis de pessoas, como Cleverson Castagnel, aluno da Academia Personalizada e que trabalha em uma grande empresa no Paraguai. Cleverson ainda está impedido de voltar à Medianeira e realiza diariamente os exercícios desenvolvidos pelos professores da Vitalizze. 

“O isolamento decorrente da COVID-19 mudou drasticamente nossa rotina! No entanto, a Vitalizze momentaneamente nos surpreendeu com sua ideia de criar um grupo para enviar vídeo-aulas aos alunos. A ideia foi fantástica e ajudou esse momento a ficar menos “pesado”! Os treinos sempre muito dinâmicos e funcionais. Obrigado a todos os profissionais da equipe Vitalizze que se empenharam a fazer as vídeo aulas nesse período.” 

Finalizou Cleverson 

As aulas em grupo de Whatsapp não tem data para acabar, visto que muitos alunos encontram-se em isolamento social e modalidades como CrossFit, Treinamento Funcional, Hidroginástica, Spinning ainda não podem ser realizadas pois continuam proibidas por decreto.


Fonte: Vitalizze